eSocial: mais de 306 mil patrões já cadastraram seus empregados domésticos

Até a tarde desta terça-feira (20/10), mais de 306 mil patrões cadastraram as informações de seus empregados domésticos no site do eSocial. A Receita Federal do Brasil espera receber as informações de 1,5 milhão de empregadores e de trabalhadores domésticos.

O prazo final vai até 31 de outubro. No caso dos trabalhadores que já estavam empregados antes de setembro, a Receita orienta a fazer o cadastramento até 26 de outubro, ou seja, segunda-feira da próxima semana.

Caso este cadastro ocorra  até a data limite para o primeiro pagamento no novo modelo (6 de novembro), estarão aptos a fazer o recolhimento dos encargos e demais tributos – ainda que o registro tenha sido feito depois do prazo de 31 de outubro.

O excesso de dados solicitados, a demora para inserir todos os dados e a complexidade para operacionalizar o sistema são alguns dos problemas relatados pelos empregadores ao prestar as informações no site do eSocial.

“Alguns empregadores chegam a demorar mais de 40 minutos e acabam desistindo diante dos inúmeras informações exigidas”, afirma Alessandro Vieira, diretor do iDoméstica.

A partir do sistema do eSocial, será gerado o documento de arrecadação (DAE), para o recolhimento das obrigações constantes na Lei das Domésticas e cobradas numa única guia por meio do Simples Doméstico. O não pagamento na data prevista acarretará multa e juros.

>> Veja passo a passo como fazer o cadastro no eSocial

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.