Salário médio do doméstico é baixo, mas foi o que mais subiu

Empregado doméstico teve salário com maior reajuste (foto: divulgação)

Empregado doméstico teve salário com maior reajuste (foto: divulgação)

O empregado doméstico tem o salário médio mais baixo do país entre sete categorias pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Porém, foi a remuneração que mais cresceu, 5,5%, entre julho último e o mês do ano passado.

O número representa quase quatro vezes mais que a alta média de todos os 23,1 milhões de trabalhadores que estão empregados no país. A remuneração média do trabalhador brasileiro subiu este ano 1,5%.

Para efeito de comparação, o salário do trabalhador da construção civil aumentou, no mesmo período, 1,6% e o do profissional do comércio, 1,5%. Na indústria, a alta foi de apenas 0,1 ponto percentual. O reajuste obtido pelos trabalhadores em transportes e serviços pessoais, 3,7%, foi o que mais se aproximou do obtido pelos empregados domésticos.

A Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgada no último dia 21/08 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, revela que a remuneração nos serviços domésticos foi a segunda que mais cresceu no ano. Entre janeiro e julho de 2013, a alta ficou em 1,2%, só perdendo para o comerciário – com 1,5%.

VALORIZAÇÃO DO EMPREGADO DOMÉSTICO

Técnicos apontam duas principais causas da valorização do empregado doméstico no contexto trabalhista – o mercado apresenta escassez de trabalhadores no setor, ao lado da maior importância da profissão na sociedade.

O IBGE realiza o levantamento em seis regiões metropolitanas do país. A de Recife foi a que mais aumentou o salário dos empregados domésticos. Lá, uma empregada doméstica recebeu em julho 11,9% mais do que em janeiro desse ano.

Ainda há distorções a serem corrigidas. Na média nacional, profissionais de serviços recebiam mensalmente R$760,94 em julho do ano passado, ante R$ 803,00 no mesmo mês desse ano. O rendimento fica abaixo da metade da média paga aos 23 milhões de trabalhadores pesquisados pela PME, que está em R$1.848,40.

PISO REGIONAL

Por lei, o menor salário pago a um trabalhador doméstico é o salário mínimo, exceto nos estados que fixam piso regional, como são os casos do Rio de Janeiro, São Paulo, Paranã, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

4 respostas
  1. Shigueru Junior
    Shigueru Junior says:

    Adalberto,
    Parabéns pela matéria, que traz informações muito relevantes.
    Como muito bem lembrado, aqui no Paraná, temos o piso regional, que em Maio/2013 subiu de R$ 811,80 para R$ 914,82 !!!
    Acredito que a PME possa trazer um pouco de distorção, pois deveria ser feito por regiões. Acredito que no Paraná, o salário médio esteja bem abaixo dos R$ 1.848,40.
    Além disso, estão inclusas mão-de-obra formada e não formada.
    Abraços, Junior.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.