Empregados domésticos do rio grande do sul podem solicitar apoio financeiro de até 2 salários mínimos até 26/07. Saiba como solicitar aqui.

Domésticos do RS podem solicitar apoio financeiro até 26/07

Os empregados domésticos do Rio Grande do Sul, afetados pelas recentes enchentes, têm até o dia 26 de julho para solicitar o apoio financeiro oferecido pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O benefício, que visa auxiliar esses profissionais em um momento de calamidade, já está disponível para adesão desde o último sábado (29).

Quem tem direito ao benefício?

O auxílio é destinado a empregados domésticos com carteira assinada, que prestam serviços de forma habitual, subordinada e remunerada em residências, por mais de dois dias na semana. Além das empregadas domésticas, outras funções estão contempladas: cozinheiro, governanta, babá, lavadeira, faxineiro, vigia, motorista particular, jardineiro, caseiro e cuidadores de idosos, entre outros trabalhadores domésticos.

Para verificar se tem direito ao auxílio, o trabalhador deve acessar o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, clicar na aba “Benefício” e verificar se a opção “Apoio Financeiro” está disponível, junto com um termo de adesão. A consulta também pode ser feita pelo Portal Emprega Brasil – Trabalhador, no site GOV.BR.

Valores e cronograma de pagamento

O benefício consiste em duas parcelas de R$ 1.412, totalizando R$ 2.824, que serão pagas pela Caixa Econômica Federal. O pagamento será efetuado de forma escalonada, conforme a data de adesão do trabalhador. A primeira parcela está agendada para 8 de julho, para aqueles que enviarem o pedido até 1º de julho. O cronograma de pagamento é o seguinte:

  • Adesão até 1º de julho: pagamento em 8 de julho
  • Adesão até 5 de julho: pagamento em 15 de julho
  • Adesão até 12 de julho: pagamento em 22 de julho
  • Adesão após 13 de julho: pagamento das duas parcelas em 5 de agosto

Os depósitos serão feitos diretamente na conta do trabalhador ou em uma poupança aberta automaticamente pela Caixa, caso o beneficiário não possua conta no banco.

Impacto e adesão

Até o momento, 5.692 empregados domésticos já estão habilitados para receber o auxílio, mas a estimativa é de que mais de 40 mil trabalhadores possam ser beneficiados. O programa do Governo Federal visa proporcionar um alívio financeiro significativo para esses profissionais, que tiveram suas vidas e trabalhos impactados pelas enchentes.

Como solicitar o benefício

Para solicitar o apoio financeiro, o trabalhador deve acessar o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital ou o Portal Emprega Brasil – Trabalhador, no site GOV.BR. O processo é simples e pode ser realizado inteiramente online, garantindo que todos os trabalhadores elegíveis possam acessar o benefício de forma rápida e eficiente.

Este auxílio é uma medida importante para apoiar os empregados domésticos do Rio Grande do Sul, que desempenham um papel crucial na sociedade e que, muitas vezes, são os mais afetados em situações de calamidade. Não perca o prazo e garanta seu direito ao apoio financeiro até o dia 26 de julho.

Empregados domésticos do rio grande do sul podem solicitar apoio financeiro de até 2 salários mínimos até 26/07. Saiba como solicitar aqui.
0 respostas

Deixe seu comentário

Quer contribuir com o assunto?
Participe! Opine! Comente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.