Publicada em edição extra do diário oficial da união nesta segunda-feira, 12, a medida provisória 1. 143/22 reajusta o salário-mínimo para r$ 1. 302 a partir de 1º de janeiro de 2023.

Salário Mínimo Doméstica 2023: medida provisória reajusta valor

A MP, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira

Publicada em edição extra do Diário Oficial da União nesta segunda-feira, 12, a Medida Provisória 1.143/22 reajusta o salário-mínimo para R$ 1.302 a partir de 1º de janeiro de 2023.

A MP está em vigor, mas deverá ser analisada pelo Plenário da Câmara dos Deputados e do Senado.

O aumento será de 7,43% em relação ao salário mínimo vigente que é de R$1.212 com valor diário de R$43,40 e o valor horário de R$5,92.

Novos valores do salário mínimo

Além do reajuste já proposto pela MP 1.143/22, o governo eleito vai sugerir ao Congresso o reajuste do salário mínimo para cerca de R$ 1.320 em 2023, um aumento de R$ 108. Se passar pela viabilização orçamentária, o salário mínimo 2023 pode voltar a ter um aumento real – acima da inflação calculada pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) -, fato que não ocorre desde 2019.

Contribuição dos trabalhadores

O novo valor deverá alterar o cálculo de benefícios previdenciários, assistenciais e trabalhistas devidos pela União. O valor das contribuições dos trabalhadores ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e o teto dos benefícios do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) deverão ser reajustados por meio de regulamento.

 

0 respostas

Deixe seu comentário

Quer contribuir com o assunto?
Participe! Opine! Comente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.