IR 2017 - Prazo termina dia 28 de abril

IR 2017 – Receita vai cruzar informações com eSocial

O iDoméstica apurou relatos de contribuintes que estão sendo notificados no momento da declaração do Imposto de Renda 2017.

De acordo com o último balanço realizado pela Receita Federal no dia 20 de abril, quase 15 milhões de contribuintes já entregaram a declaração. Isso representa cerca de 52% do total de declarações a serem entregues. A expectativa da Receita é de receber 28,3 milhões de declarações até o dia 28 de abril.

Receita vai cruzar dados com eSocial

Com o eSocial, a Receita vai cruzar informações de empregadores e empregados. Isso poderá aumentar o número de contribuintes retidos na malha fina, por conta de erros como registro da doméstica em um CPF e dedução em outro, por exemplo.

O eSocial ainda apresentou falhas e atualizações que podem gerar problemas na hora de cruzar as informações. Exemplo disso são deduções de imposto de renda inferiores a R$ 10,00.

Até março de 2016, o eSocial utilizava para emissão da guia apenas a soma dos rendimentos do mês. A partir de abril do ano passado, o sistema disponibilizou as verbas, para que os valores fossem descritos corretamente assim como as bases para retenção do IR.

Ainda no ano passado, o eSocial apresentou, em alguma situações, retenção inferior a R$ 10,00 – a Receita Federal determina que valores inferiores a esse não devem ser retidos. Nesses casos, por falha dos órgãos governamentais, houve divergência entre os documentos pelo empregador e a guia gerada pelo eSocial. Por conta disso, empregadores podem ser chamados pela Receita a dar esclarecimentos.

Fraudes em 2016

Em 2016, a malha fina ainda identificou a fraude relatada na operação “Falsa Patroa”. Houve suspeitas de irregularidades em 13 mil declarações. Em Minas Gerais, por exemplo, o CPF de um único empregado doméstico apareceu em mais de 500 declarações de IR.

Novidades do Imposto de Renda 2017

Há a obrigatoriedade de se informar o CPF dos dependentes a partir dos 12 anos completos até 31 de dezembro último. Antes, era exigida de dependentes com 14 anos ou mais. Caso não tenha, o dependente precisa tirar o CPF antes de ser feita a declaração.

O programa gerador do IR está sendo atualizado automaticamente. Mas atenção: a versão 2016 não será atualizada automaticamente. Nesses casos, é preciso baixar o IRPF 2017 no site da Receita.

Fim do ReceitaNet

Neste ano, não será preciso baixar o Receitanet, o programa de transmissão da declaração. Agora, ele está incorporado ao programa gerador do Imposto de Renda.

Ainda há um campo para preenchimento não obrigatório de e-mail e telefone celular do contribuinte. Porém, a Receita alerta que celular e e-mail não serão usados para comunicação, somente para ampliar o cadastro.

IR 2017 – Prazo para entrega

Reforçando, o prazo para entrega da declaração do IR 2017 vai até 28 de abril, às 23 horas e 59 minutos.

Porém, o sistema pode apresentar oscilações nos últimos dias de entrega, em razão do grande número de declarações. Então é bom não deixar para a última hora.

Multa

Segundo a Receita Federal, quem não fizer a entrega da declaração no prazo está sujeito a uma multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.