eSocial: Receita já cogita ampliar prazo para pagamento da guia

As inúmeras dificuldades apresentadas pelo sistema do eSocial Doméstico já fazem a Receita Federal do Brasil cogitar a possibilidade de ampliar o prazo para o pagamento da guia de recolhimento do Simples Doméstico, intitulada Documento de Arrecadação do eSocial (DAE).

Em nota divulgada hoje (04-11), o órgão federal afirmou ter solicitado ao Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) “uma avaliação técnica definitiva sobre os problemas de instabilidade no sistema”.

“Essa avaliação do prestador de serviço servirá de base para avaliação do Governo quanto à possibilidade de prorrogação dos prazos do eSocial”, diz a nota.

Erros no sistema e a lentidão na operacionalização das informações têm sido os erros mais comuns relatados pelos empregadores domésticos. Até o final da tarde de ontem, apenas 13% deles haviam conseguido gerar o DAE.

“E mesmo quando eles emitem a guia, estão se deparando com um novo problema. Segundo relatos de clientes, só é possível pagar a guia pelo internet banking ou na CAIXA, pois os bancos não estão preparados para receber a guia ‘na boca do caixa’ ou nos caixas eletrônicos. Isso está ocorrendo, provavelmente, por falta de atualização desses sistemas”, afirma Alessandro Vieira, CEO do iDoméstica.

Segundo ele, o principal problema não está relacionado diretamente ao site do eSocial, mas sim quando o usuário é redirecionado para o link http://dctfweb.fazenda.gov.br/, onde a guia é emitida.

Ao tentar gerar a guia do eSocial, o usuário é redirecionado para o site DCTF Web do Ministério da Fazenda, onde a guia deveria ser emitida.

Ao tentar gerar a guia do eSocial, o usuário é redirecionado para o site DCTF Web, onde a guia deveria ser emitida.

A orientação do iDoméstica é seguir tentando periodicamente realizar essa operação e aguardar um novo posicionamento da Receita. “Para quem conseguir fazer isso no final da noite ou durante a madrugada, pode ser uma boa solução, pois pegará o sistema menos congestionado”, diz Vieira.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.