Piso da empregada doméstica em SP deve ir a R$ 905

Cerca de 8 milhões de pessoas no Estado de São Paulo se beneficiarão com o novo piso salarial proposto pelo governador Geraldo Alckmin. O Projeto de Lei que estabelece mudanças no piso regional paulista, o salário mínimo do Estado, foi encaminhado à Assembleia Legislativa de São Paulo nesta segunda-feira, 1º de dezembro.

Texto sobre piso do empregado doméstico paulista foi enviado à Assembleia Legislativa

Texto sobre piso do empregado doméstico paulista foi enviado à Assembleia Legislativa

O tema aguarda votação. Se aprovado, o menor salário pago a um empregado doméstico no Estado será de R$ 905.
Continuar lendo

PR aprova novo piso da empregada doméstica: R$ 983

Os deputados estaduais do Paraná aprovaram em duas sessões plenárias ao longo desta semana o projeto de lei nº 161/14, de autoria do Poder Executivo, reajustando o salário mínimo regional no estado em 7,34%.

O empregado doméstico passará a receber mensalmente R$ 983,40, ante os atuais R$ 914,82.

Paraná reajustará piso regional, incluindo o das empregadas domésticas

Paraná reajustará piso regional, incluindo o das empregadas domésticas

O novo piso, que passou por duas votações sem nenhum voto contrário, entra em vigor a partir deste dia 1º de maio e será aplicado em quatro faixas salariais, que variam de R$ 948,20 a R$ 1.095,60. Continuar lendo

Com parecer favorável, piso do empregado doméstico no PR será votado

O projeto de lei nº 161/14, reajustando o salário mínimo regional no Estado do Paraná em 7,34%, começará a ser votado pelos deputados estaduais na próxima semana. A previsão é que o tema seja avaliado já na sessão de segunda-feira (28/04), segundo a assessoria de imprensa da Assembleia Legislativa paranaense.

Plenário da Assembleia do Paraná avaliará novo piso regional (Foto: Ass. Legislativa PR)

Plenário da Assembleia do Paraná avaliará novo piso regional (Foto: Ass. Legislativa PR)

O projeto é de autoria do Poder Executivo, e tem parecer favorável da Comissão de Finanças da Assembleia. Se aprovado, o novo piso deve entrar em vigor a partir do próximo dia 1º de maio e será aplicado em quatro faixas salariais, que variam de R$ 948,20 a R$ 1.095,60.

Proposto por uma comissão tripartite – formada por representantes dos empregadores, dos trabalhadores e do poder público – o novo salário vai beneficiar cerca de um milhão de paranaenses. O empregado doméstico passaria a receber mensalmente R$ 983,40, valor 7,34% superior aos atuais R$ 914,82. Continuar lendo

R$ 779: governo prevê piso da empregada doméstica em 2015

O governo estima que salário mínimo atingirá o valor de R$ 779,79 em 2015. Com isso, teria um reajuste de 7,71%, quando comparado ao atual piso salarial nacional, que é de R$ 724,00.

Onde ganha salário mínimo, empregada passaria a receber R$ 779

Onde ganha salário mínimo, empregada passaria a receber R$ 779

A estimativa atinge os empregadores domésticos. A maioria dos estados brasileiros adota o salário mínimo como piso regional para pagamento da empregada doméstica. Em apenas cinco estados há tabelas próprias – SP, RJ, PR, SC e RS, revela o site Idoméstica.

O salário mínimo de R$ 779,79 consta do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2015 (LDO-2015), encaminhada ao Congresso Nacional neste dia 15/04 pelo governo. Continuar lendo

Paraná: empregada doméstica deve ter piso de R$ 983,40

O governador do Paraná, Beto Richa, anunciou na semana passada um reajuste de 7,34% no valor do piso regional do estado. Com isso, uma empregada doméstica no Parará terá piso de R$ 983,40, valor que será válido a partir de maio próximo.

Hoje esse piso é de R$ 914,82.

Governando Beto Richa deve confirmar índice de reajuste do piso regional no PR (foto: Sec. Comunicação Social/PR)

Governando Beto Richa deve confirmar índice de reajuste do piso regional no PR (foto: Sec. Comunicação Social/PR)

O índice de 7,34% foi proposto pela comissão tripartite, grupo criado para discutir a política de valorização do piso. Participam da comissão representantes do governo, dos empresários e dos trabalhadores.

Continuar lendo

Piso Regional RJ 2014: Proposta aprova R$ 874,76 para domésticas

A Assembleia Legislativa do Rio aprovou nesta terça-feira (11/02) o projeto de lei 2.748/2014, de autoria do governador Sérgio Cabral, que institui o novo piso salarial regional das categorias profissionais do Estado do Rio de Janeiro.

Muda valor a ser pago aos trabalhadores domésticos do RJ

Muda valor a ser pago aos trabalhadores domésticos do RJ

Pelo projeto, os empregados domésticos no Estado do Rio passam a ter salário-base de R$ 874,76. O texto agora espera sanção do governador. Sancionado, terá validade retroativa a 1º de janeiro desse ano. Continuar lendo

Governo do RJ propõe 8% para piso regional; domésticas receberiam R$ 866

Alvo de polêmica nas últimas semanas, o piso regional do Estado do Rio de Janeiro teve novo lance. Neste dia 7 de fevereiro, o governador Sérgio Cabral enviou projeto de lei à Assembleia Legislativa que prevê um aumento de 8% no piso regional, que, no estado, rege o pagamento de mais de 2 milhões de trabalhadores.

Sérgio Cabral: proposta de reajuste de 8% (foto Bruno Itan/Governo RJ)

Sérgio Cabral: proposta de reajuste de 8% (foto Bruno Itan/Governo RJ)

Por essa proposta, o menor salário pago a uma empregada doméstica no Estado ficaria em aproximadamente R$ 866. Continuar lendo

Índice de reajuste e novas faixas atrasam piso do RJ

A discussão sobre o piso regional do estado do Rio de Janeiro está atrasada, em função tanto do índice de reajuste a ser adotado como do número de faixas salariais. O tema deve voltar ao debate com o final do recesso dos deputados estaduais fluminenses, previsto para ocorrer no dia 28 de janeiro.

Reunião da Comissão de Trabalho da Assembleia Legislativa do RJ (Foto: Gabriel Esteves/Divulgação Alerj)

Reunião da Comissão de Trabalho da Assembleia Legislativa do RJ (Foto: Gabriel Esteves/Divulgação Alerj)

O governo estadual quer que o reajuste no Rio de Janeiro supere o índice dado ao salário mínimo nacional, que ficou em 6,82%. Os trabalhadores, por meio de centrais sindicais, alegam perdas acumuladas de 15,78%. Porém, os empresários ofertaram majoração de 6,65%. Continuar lendo

Com nova data-base, empregada doméstica tem piso de R$ 810 em SP

O governador Geraldo Alckmin sancionou no último dia 19 de dezembro, a lei 15.250 que reajusta em 7,18% o piso regional paulista. A primeira faixa do salário mínimo do Estado passa de R$ 755 a R$ 810, faixa na qual está incluído o empregado doméstico.

Geraldo Alckmin sancionou novo piso regional paulista (Foto - Ass. Imprensa Gov. Estado SP)

Geraldo Alckmin sancionou novo piso regional paulista (Foto – Ass. Imprensa Gov. Estado SP)

Segundo a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado do Emprego e Relações de Trabalho paulista, o texto aprovado pela Assembleia Legislativa em 17 de dezembro estabeleceu que o piso regional do estado de São Paulo passe a vigorar a partir de janeiro de 2014. Continuar lendo

Santa Catarina aprova piso; empregada receberá R$ 835 mensais

Os deputados estaduais de Santa Catarina aprovaram no último dia 19/12 os novos valores dos pisos regionais. No caso das empregadas domésticas, o salário será de R$ 835,00 ao longo do ano de 2014.

Deputados estaduais de SC aprovaram valores do piso regional (foto: Assessoria de Imprensa/Ass. Legislativa SC)

Deputados estaduais de SC aprovaram valores do piso regional (foto: Assessoria de Imprensa/Ass. Legislativa SC)

O Projeto de Lei Complementar nº 52/13, do governador de Santa Catarina Raimundo Colombo, foi aprovado pelos deputados estaduais, fixando os pisos salariais para os trabalhadores do estado. Continuar lendo